domingo, 4 de novembro de 2012

Desabafo Mental


Essa inconstância de sentimentos incompreensíveis me faz refém da incoerência racional.
Racionalizo sentimentos, logo a depressão me esmurra e viro vítima fatal.
Desejo o impossível e aposto no improvável, mas se a correspondência chega a classifico reprovável.
Gosto do que me transmite insegurança e me mantém presa à dúvida constante. A competição me atrai até o momento em que coloco o troféu em minha delicada estante. 
Minha mente revirada se rendeu em total falência, guiada por sentimentos utópicos sou uma romântica seduzida pela desobediência.
Vou contra o óbvio e rumo a felicidade irracional, sou essa eterna masoquista sentimental.
                                                                                                                 - Betina Pilch.
Postar um comentário