segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Princesa Fútil


E lá estava ela, apreciando os sabores da vida, experimentando tudo que seu presente instante lhe oferecia. 
Vivia em seu presente congelado sem se deixar levar pelas ilusões do futuro ou as lembranças do passado.
Enquanto muitas viviam com a cabeça nas nuvens e alimentavam-se do abstrato, lá estava ela com os pés em terra firme mais precisamente em cima de seu salto alto.
Enquanto muitas sonhavam com o tal príncipe encantado chegando de carruagem, ela sonhava com a Channel e um Porsche na garagem.
Porque as que se julgavam intelectuais viviam em seu mundinho de sonhos sem poder torná-lo reais. Olhavam pra garota realista com um olhar pessimista, mas sabiam que era ela a vitoriosa na hora da conquista.
E mesmo com os pés obedecendo a gravidade, ela não deixava de ser meiga e cheia de qualidades. 
Ela era linda, era divertida, e cheia de sensualidade. Ela era a princesa fútil concretizada na realidade.
- Betina Pilch.
Postar um comentário